Notícias

H1N1

Causas e prevenções e H1N1

24/05/2019

A gripe H1N1 é uma doença provocada pelo vírus de mesmo nome (vírus H1N1), cujos sintomas são semelhantes aos da gripe comum: febre alta, mal-estar, dor de cabeça, espirros e tosse. A diferença está no risco de complicações, então é preciso ficar atento a alguns sinais para procurar ajuda médica.

A gripe H1N1, mais conhecidada como influenza A, é provocada pelo vírus H1N1 (uma categoria do influenzavírus do tipo A). Ele é resultado da combinação de segmentos genéticos do vírus humano da gripe, do vírus da gripe aviária e do vírus da gripe suína. A transmissão pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela ocorre pelo contato direto com os animais, com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, (pelo contato com gotículas da saliva e por secreções respiratórias).

No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar:

Febre alta, acima de 38ºC, 39ºC, de início repentino;

Dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações;

Irritação nos olhos;

Tosse;

Coriza;

Cansaço;

Inapetência;

Vômitos;

Diarreia.

Quando os sintomas aparecerem, o ideal é procurar um médico o mais rápido possível e evitar a automedicação. É essencial iniciar o tratamento nas primeiras 48h pois os remédios antivirais combatem qualquer um dos subtipos.

Para evitar a H1N1, o ideal é se vacinar, especialmente se fizer parte dos grupos prioritários: idosos acima de 60 anos, gestantes, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (hipertensão, diabetes, asma, bronquite, insuficiência renal, obesidade grau 3, etc), imunossuprimidos e transplantados, crianças entre seis meses e cinco anos e profissionais da saúde. Existem duas vacinas que protegem contra a infecção pelo H1N1: a trivalente e a tetravalente (ou quadrivalente), os dois tipos de vacina são eficazes, mas levam entre duas e três semanas para fazer efeito.

Além da vacina para prevenir a doença, também é necessário:

Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com álcool em gel;

Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;

Evitar aglomerações, se manter em ambientes arejados;

Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;

Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;

Suspender viagens para lugares onde haja casos da doença;

Permanecer em repouso e tomar bastante líquido para garantir a hidratação.

VOLTAR


Visualizar PDF

 

FRILAB Medicina Laboratorial

Centro

Travessa São João, 8 - Centro - Nova Friburgo - RJ
Telefone: (22) 2523-2223

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta-feira de 07:00 às 17:00

Coleta 07:00 às 10:00.

** Sábado de 07:00 às 12:00 com coleta até às 10:00

Olaria

Praça 1º de Maio, 08 - Olaria - Nova Friburgo - RJ
Telefone: (22) 2523-7464

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta-feira de 07:00 às 11:00 e 13:00 às 17:00.

Coleta 07:00 às 10:00

Facebook Instagram