Notícias

Pneumonia

Pneumonia: causas, sintomas e tratamentos

07/06/2019

Pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões (órgãos duplos situados um de cada lado da caixa torácica), podendo prejudicar a região dos alvéolos pulmonares.

Basicamente, ela é provocada pela infiltração de um agente infeccioso ou irritante (bactérias, vírus, fungos ou reações alérgicas) no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa. Esse local sempre deve estar limpo, livre de substâncias que possam impedir o contato do sangue com o ar.

Os agentes infecciosos da pneumonia não costumam ser transmitidos facilmente, de modo geral ela pode ser considerada não-contagiosa e não-transmissível. Se alguém tossir na sua frente, por exemplo, só é possível pegar essa doença caso os mecanismos de defesa do corpo falhem.

Existem diversos tipos de pneumonia, mas as mais comuns são:

Pneumonia viral - é uma infecção que se instala nos pulmões causada por um vírus.
Pneumonia bacteriana - é adquirida na comunidade, pela população geral. Algumas bactérias estão presentes em nosso nariz, boca, garganta, pele e sistema digestivo, podendo causar a pneumonia quando nossa imunidade cai.
Pneumonia química - é causada pela inalação de substâncias agressivas ao pulmão, como a fumaça, agrotóxicos ou outros produtos químicos.
Pneumonia por fungos - é o tipo mais rara e também o mais agressivo, é comum ver esse tipo de pneumonia em pessoas com doenças crônicas e imunodeprimidas, como pacientes soropositivos ou paciente oncológicos.

Os principais sintomas da pneumonia são:
- Febre alta;
- Tosse;
- Dor no tórax;
- Alterações da pressão arterial;
- Confusão mental;
- Mal-estar generalizado;
- Falta de ar;
- Secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada;
- Toxemia (excesso de toxinas no sangue);
- Prostração.

Principais fatores de risco para quem adquire a doença:
- Fumo: provoca reação inflamatória que facilita a penetração de agentes infecciosos;
- Álcool: interfere no sistema imunológico e na capacidade de defesa do aparelho respiratório;
- Ar-condicionado: deixa o ar muito seco, facilitando a infecção por vírus e bactérias;
- Gripes mal cuidadas;
- Mudanças bruscas de temperatura.

Para tratar dessa doença, é necessário ir ao médico especialista para que sejam feitos exames para iniciar o tratamento. Exame clínico, auscultação dos pulmões e radiografias de tórax são recursos essenciais para o diagnóstico de pneumonia. Geralmente, a medicação é feita através do uso de antibióticos.

Dentre a prevenções, estão:
- Não fumar e não beber exageradamente;
- Observar as instruções do fabricante para a manutenção do ar-condicionado em condições adequadas;
- Não se expor a mudanças bruscas de temperatura;
- Procurar atendimento médico para diagnóstico precoce de pneumonia, para diminuir a probabilidade de complicações.

Além dos cuidados necessários com a saúde:
- Lavar as mãos com frequência, principalmente após assoar o nariz, ir ao banheiro e trocar fraldas.
- As vacinas podem ajudar a prevenir a pneumonia em crianças, idosos ou pessoas com diabetes, asma, enfisema, HIV, câncer ou outras condições com efeitos a longo prazo.

VOLTAR


Visualizar PDF

 

FRILAB Medicina Laboratorial

Centro

Travessa São João, 8 - Centro - Nova Friburgo - RJ
Telefone: (22) 2523-2223

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta-feira de 07:00 às 17:00

Coleta 07:00 às 10:00.

** Sábado de 07:00 às 12:00 com coleta até às 10:00

Olaria

Praça 1º de Maio, 08 - Olaria - Nova Friburgo - RJ
Telefone: (22) 2523-7464

Horário de funcionamento:

Segunda a Sexta-feira de 07:00 às 11:00 e 13:00 às 17:00.

Coleta 07:00 às 10:00

Facebook Instagram